English French German Japanese Portuguese Spanish

Newsletter

Receba novidades no email!



1924142
Nós temos 46 visitantes online

Início Linhas da Umbanda Linha Africana
Linha Africana

cruz1

 

O mentor espiritual da Linha Africana é São Benedito, considerado em muitas nações de pretos velhos, como o rei dos pretos velhos. São Benedito é certamente um dos santos mais populares do Brasil.

A devoção por São Benedito foi trazida pelos portugueses.

Nascido na cidade de São Filadelfo, na Sicília, era filho de escravos e foi alforriado por um professor siciliano, conhecido como Manasseri.

São Benedito também é conhecido como o Santo Mouro devido a sua origem muçulmana. A constituição básica desta linha é formada  por  espíritos que se apresentam sob a aparência  de  um velho, conhecidos como pretos velhos.

Das nações africanas que chegaram ao Brasil nasceu o Candomblé e outros cultos, assim como também foi formada no plano astral a Umbanda, que não tem origem Afro.

Os espíritos que chegaram ao Brasil na condição de escravos trouxeram consigo a missão de formar no país a religião que hoje abraçamos. Infelizmente, alguns passaram seus ensinamentos a pessoas que utilizaram esses conhecimentos de modo errôneo, o que gerou a deturpação que hoje se conhece.

Como sabemos, nas levas de escravos não vieram apenas os plebeus, vieram também reis, príncipes e feiticeiros.  Os feiticeiros, conhecedores da milenar magia africana, usaram seus conhecimentos para formar de modo muito negativo aquilo que hoje é conhecido como Quimbanda. Os pretos velhos conhecem muito os sistemas de trabalho da Quimbanda e infiltram-se nesses trabalhos a fim de perturbá-los ou minorar-lhes o efeito.

Os Pretos Velhos são os fundadores da religião de Umbanda em nosso País.

Não existe seguidor umbandista que não reconheça a imensa sabedoria que eles possuem e seu poder em amenizar dores de qualquer espécie. São conhecedores dos processos de magia, das plantas que curam, dos locais na natureza que emitem ou refletem fortes vibrações astrais e acima de tudo, “são entidades de uma bondade sem igual”.

Nos processos de consultas que ocorrem em nossos templos, o preto velho é como se fosse um psiquiatra, que absorve um sem fim de mágoas e mazelas das pessoas que os procuram e dirigem a elas as respostas as suas duvidas, conduzindo as pessoas na direção da compreensão e de uma vida melhor.

Aos Pretos Velhos devemos muito, devemos a eles a compreensão do sentido da devoção por tudo o que aprendemos a fazer dentro da Umbanda, mas acima de tudo, nos ensinam o respeito pelas coisas Santas.

.

 

Enquete

Você acha correto o uso de animais como oferenda nos cultos de Umbanda?

Não, a verdadeira Umbanda não pratica tais atos contra os animais e nem há tal necessidade para com os Orixás - 85.5%
Claro, a Umbanda tem este dogma desde suas raízes - 3.5%
Sim, os Orixás precisam das forças destas oferendas - 5%
Sim, afinal mal não vai fazer - 0.9%
Não sou contra nem a favor, não quero me envolver - 5.1%

Total de votos: 7366
The voting for this poll has ended Ligado: 25 Dez 2016 - 21:57

CopyRight 2008 NUSS- Núcleo Umbandista São Sebastião - Todos os direitos reservados.